terça-feira, 27 de outubro de 2015

deixa eu falar de ENEM

é terça-feira, já passou o fuzuê, já viralizou a loucura e aqui estou eu, falando da coisa mais polemica desse fim de semana: "o tema da redação do ENEM". muita gente já falou mas minha opinião ainda não saiu.
conversando com algumas pessoas que fizeram a prova, eles me contaram que esperavam um tema mais atual, um tema mais politico e que o assunto não estava  em visibilidade no momento. essas alegações me deixaram meio chocado que jovens esclarecidos acharam o tema da redação ruim, quando nunca se esgota esse tema para uma discussão de qualquer nível, seja em âmbito acadêmico, trabalhista ou de conversas solta.
a questão toda gira em torno de que a violência contra a mulher e algo grave e muitas vezes mantido em sigilo pela vitima que é por vezes e ameaçada pelo agressor com distanciamento dos filhos entre outros fatores. essa ação por parte do MEC de abrir o tema aos estudantes é não só louvável como abre brechas para que outras polemicas sejam discutidas.
"mas é claro, há aqueles que não querem que falemos..." (V de vingança), e esses são, principalmente aqueles que criticaram tanto o tema. que mal ha em observar os dilemas e problemas sociais que tanto temos tentado esconder, porque criar discussões vazias quando um dialogo sobre nossas deficiências é tao mais plausível, porque não falar da violência contra a mulher? porque não falar sobre o racismo? porque não falar sobre imigração? porque não falar sobre homofobia? porque não estudar sobre isso?
me respondam vocês que tanato criticam se podem formar uma sociedade realmente mais "justa" e "igualitária" sem discutir nossos erros???
sem discutir questões básicas não se pode esperar muito dessa sociedade!!!
Postar um comentário